17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 10:03 - A | A

Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 10h:03 - A | A

REABRIR APURAÇÕES

Petrobras quer que Toffoli esclareça se MP pode usar delação de Marcelo Odebrecht

Empresa apresentou embargos de declaração, recurso usado para questionar omissões ou contradições; segundo a decisão do ministro, delação continua válida

Redação

A Petrobras recorreu ao STF (Supremo Tribunal Federal) sobre a decisão do ministro Dias Toffoli que anulou todos os processos e investigações contra o empresário Marcelo Odebrecht na Operação Lava Jato.

A empresa apresentou embargos de declaração, recurso usado para questionar omissões ou contradições em uma decisão. A estatal pede que Toffoli esclareça se as investigações baseadas na colaboração de Marcelo Odebrecht podem ser reabertas pelo Ministério Público, já que o ministro reconheceu em sua decisão a validade da delação.

“Considerando que a decisão preserva o acordo de colaboração de Marcelo Odebrecht, é necessário esclarecer a possibilidade de reabertura de investigações sobre os ilícitos narrados”, afirmou a Petrobras. A empresa incluiu perdas de R$ 6 bilhões por corrupção, reveladas na Lava Jato, em seu balanço financeiro de 2015.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Marcelo Odebrecht, réu confesso, fechou acordo de colaboração com a Lava Jato, admitindo propinas a agentes públicos e políticos de vários.

A defesa de Odebrecht alega que ele foi forçado a assinar a delação. Seus advogados usaram mensagens hackeadas da força-tarefa, obtidas na Operação Spoofing, para recorrer ao STF. Eles pediram a extensão de uma decisão que beneficiou o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Toffoli concluiu que houve “conluio processual” entre o ex-juiz Sérgio Moro e a força-tarefa em Curitiba, violando os direitos de Odebrecht nas investigações e ações penais. Por isso, declarou a nulidade absoluta de todos os atos processuais contra Marcelo Odebrecht na Lava Jato e determinou o encerramento dos inquéritos e processos contra o empresário.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image