16 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

CIDADES Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09:24 - A | A

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09h:24 - A | A

DEU EM A GAZETA

Comando Vermelho 'proíbe' show de funkeiro no Estado

Gazeta Digital

Facção predominante em Mato Grosso, Comando Vermelho (CV) vem interferindo até mesmo no entretenimento do Estado. O grupo criminoso proíbe e ameaça artistas de São Paulo (SP) que se dirigem à região para realizar shows, a exemplo do que aconteceu no último dia 7, quando o cantor Daniel Amorim Nicola, o MC Daniel, saiu escoltado do palco de uma casa noturna da Capital. Situação parecida foi registrada em fevereiro de 2020, quando MC Lan foi ameaçado ainda no hotel, onde aguardava o horário para se apresentar, em Rondonópolis (212 km ao sul de Cuiabá). Na sexta-feira (15), um comunicado circulou nas redes sociais, informando que os produtores de eventos locais estavam proibidos de contratar MC Daniel para se apresentar no Estado.

A situação envolvendo Daniel teve repercussão nacional e após uma semana do ocorrido, passou a circular na internet um suposto comunicado do CV, o qual dizia que "MC Daniel de SP está proibido de fazer show ou qualquer tipo de evento dentro do estado de MT e que assim façam valer esse comunicado". Ao final, a facção ainda frisa que todos os produtores de eventos devem ficar cientes da proibição.

Na primeira quinta-feira (07) deste mês, o cantor paulista MC Daniel, 25, se apresentou em uma casa de shows de Cuiabá. Porém, sua performance só durou alguns minutos, pois logo que subiu ao palco, parte do público começou a fazer o número dois com as mãos (simbologia que remete ao CV). O artista, que é nascido em São Paulo, berço do Primeiro Comando da Capital (PCC), parou de cantar e começou a discutir com um homem que estava na plateia. Esse é seu partido, irmão. Se você faz parte do partido criminoso, eu faço parte do partido de Jesus Cristo. Eu canto para ajudar minha família. (...) Se você é bandido mesmo, nem deveria estar aí me xingando, disse o MC, ao lado de dois seguranças.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Enquanto discursava, Daniel foi interrompido por gritos de aqui é CV e muitas vaias. Um integrante de sua produção pediu que ele se retirasse e, ao virar as costas para sair do palco, o artista foi atingido por inúmeros copos de bebida e gelo. Após o ocorrido, o cantor ainda se pronunciou em suas redes sociais, lamentando o tratamento que recebeu em Cuiabá.

Apesar das cenas viralizarem em todo o país, a casa de show afirma que desconhece o ocorrido e informou que não se pronunciaria sobre o caso. A Polícia Civil informou que não há registro de boletim de ocorrência referente à situação.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image