16 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 09:10 - A | A

Quinta-feira, 07 de Dezembro de 2023, 09h:10 - A | A

MANDATO CASSADO

Vice-líder cobra humildade e alerta que Edna ainda 'corre risco'

Gazeta Digital

Vice-líder do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) na Câmara de Cuiabá, vereador Luis Cláudio, rechaçou a “festa” organizada pela vereadora Edna Sampaio (PT), em seu retorno à Câmara Municipal de Cuiabá. Com samba-enredo, a petista promoveu um café da manhã para apoiadores, em frente à Casa de Leis. Em entrevista à imprensa, o parlamentar classificou a movimentação como “desnecessária” e cobrou “humildade da parlamentar”.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“Acho desnecessário vir aqui dessa forma. O homem e a mulher que vai para a vida pública tem que ter humildade para conduzir o seu mandato, coisa que falta para ela”, disse.


Luis Cláudio foi autor da Comissão Processante que cassou Edna. Ela chegou a ser acusada de apropriação indébita da VI destinada a sua ex-chefe de gabinete, Laura Natasha Oliveira Abreu.


A ex-servidora teria transferido R$ 20 mil para uma conta-corrente da petista. Ela justificou que os valores eram concentrados em apenas uma conta para custear os gastos referentes ao mandato, o que a Câmara considerou “ilegal”.


A petista conseguiu reverter a cassação por meio de um recurso e retorna para Casa de Leis nesta quinta-feira (7). O vereador, por sua vez, alerta que o mandato dela ainda corre risco, já que o processo ainda não finalizado na Justiça.
“A Justiça não avançou sobre o mérito, que trata da transferência de recursos da chefe de Gabinete para conta dela. Ainda não se pode dizer se ela é culpada ou inocente”, acrescentou.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image