14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2023, 09:59 - A | A

Quarta-feira, 20 de Dezembro de 2023, 09h:59 - A | A

APÓS DESLIZAMENTOS

'Vamos enfrentar o ICMBio’, avisa Mendes sobre Chapada

Gazeta Digital

Governador Mauro Mendes (União) fez duras criticas contra o Instituto Chico Mendes de Conservação da Biodiversidade (ICMBio) ao comentar sobre os deslizamentos na região na MT-251, que liga Cuiabá à Chapada dos Guimarães (43 km de Cuiabá).

 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).


Durante a inauguração da nova praça central e da rua coberta da Cidade Serrana, Mendes afirmou que é preciso enfrentar a "hipocrisia do ambientalismo do Brasil". "Tem uma dificuldade muito grande, nós vamos enfrentar o ICMBio, não posso admitir essa palhaçada do meio ambiente dizer que não pode duplicar uma rodovia, porque vai mexer com o meio ambiente. É enfrentar a hipocrisia do ambientalismo no Brasil", disse na noite do último sábado (16).


A declaração ocorre após a Secretaria do Estado de Infraestrutura e Logística (Sinfra) emitir um relatório técnico apontar pelo menos 10 pontos críticos nas encostas da margem da rodovia. Com isso, o Estado proibiu a passagem de veículos pesados entre a Salgadeira e o trevo que dá acesso ao Distrito de Água Fria, em Chapada dos Guimarães.


O governo pretende duplicar parte da MT-251, única rodovia que liga a Capital a Cidade Serrana. No entanto, o projeto enfrenta esbarra nas questões ambientais do parque.


Nova rodovia
Durante entrevista o governador também foi questionado sobre a construção da MT-030, nova rodovia que deve ligar as Cuiabá à Chapada. Mendes, por sua vez, afirmou que o projeto dificilmente sairá do papel em 2024.


“É uma alternativa, mas é impossível as obras começarem em 2024. Tem que fazer projeto, é complexo e difícil. Essa rota é a rota do turismo. Todos os equipamentos turísticos estão aqui”, disse.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image