16 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 09:34 - A | A

Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 09h:34 - A | A

CRISE NO MDB

“Porta da rua é serventia da casa”, diz Janaina a Emanuel

Mídia News

A deputada estadual Janaina Riva (MDB), rebateu as críticas do prefeito reeleito Emanuel Pinheiro (MDB), que a chamou de “derrotada e traidora". Em conversa com a imprensa, afirmou que se ele não estiver se sentindo confortável dentro do partido, deveria se retirar.

 

A crítica do prefeito ocorreu após Janaina ser colocada no cargo de presidente municipal do MDB em Cuiabá.

 

Ele afirmou que não havia sentido colocá-la à frente do comando da sigla quando ela não apoiou a sua candidatura à reeleição.

 

“Vou evitar entrar nesses pormenores com Emanuel. Ele é prefeito eleito e está dentro do MDB. Se ele se sente confortável, pode ficar no partido. Mas se não estiver confortável, a porta da rua é serventia da casa. Ele pode, a qualquer momento, se retirar”, disparou.

 

Janaina afirmou que tem tentado pacificar a situação dentro do MDB, mas que ainda não foi possível agendar uma reunião.

 

Segundo ela, o prefeito tem demonstrado cada vez mais, por declarações via imprensa, ter problemas não apenas com ela, mas com outros membros da legenda.

 

Se não estiver confortável, a porta da rua é serventia da casa. Ele pode, a qualquer momento, se retirar

A deputada afirmou que os ânimos acirrados dentro do partido estão mais para o lado de Emanuel do que para o grupo que a apoia.

 

 

“A todo momento, alguém do partido está sendo agredido. Então, não tem posição para ele ficar. Não tem fidelidade partidária para ele ficar. Ele tem toda a liberdade se quiser sair do partido”, disse.

 

“O que a gente não aceita são as críticas, a todo o momento, ao nosso partido e é isso que nós vamos defender dentro do MDB. Ele tem que definir se quer ficar ou não. Se quiser ficar, tem que entender que esse é o partido. Se não se sente bem, é mais fácil se retirar do que o partido inteiro sair por conta dele”, acrescentou.

 

Sem Emanuel ao Governo

 

A parlamentar ainda mandou um recado ao prefeito, que recentemente tem dito ter o sonho de se candidatar ao Governo do Estado.

 

Segundo ela, dentro do MDB – e se depender do apoio dela –, Emanuel não terá espaço para isso.

 

Para Janaina, caso tivesse uma postura diferente, mais conciliadora na legenda, o emedebista, talvez, poderia construir a sua candidatura.

 

No entanto, ela acredita que a possibilidade já foi minada pelo presidente estadual do MDB, deputado federal Carlos Bezerra, ao convidar o governador Mauro Mendes (DEM) para integrar a legenda.

 

Aqui, em 2022, não tem espaço para Emanuel ser candidato ao Governo

Mendes e Emanuel possuem uma rixa há anos, que culminou em uma troca de farpas mais intensa durante as eleições municipais.

 

“Dentro do partido, ele até poderia [trabalhar isso]. Da minha parte, jamais. Eu não apoiaria um candidato filmado roubando de forma alguma. E acho que ele demonstra que não tem a habilidade necessária para construir isso dentro do partido. Então, essa opção está ficando cada vez mais distante”, afirmou. 

 

“Com essa atitude de confronto a todo momento, essa possibilidade fica cada vez mais distante e acho que o Bezerra já deu esse recado quando convidou o governador Mauro Mendes para se filiar ao MDB. Aqui, em 2022, não tem espaço para Emanuel ser candidato ao Governo”, completou.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image