14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 10:28 - A | A

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 10h:28 - A | A

SEM BAGUNÇA

Maysa alerta Edna e diz que não haverá tempo para 'vitimismo'

Gazeta Digital

Vereadora Maysa Leão (Republicanos) alertou que não haverá espaço para "vitimismo" ao comentar sobre o retorno da vereadora Edna Sampio (PT) à Câmara Municipal de Cuiabá. A parlamentar declarou que a petista será bem recebida e precisará estar focada nas pautas do Legislativo. 

 

“É legitimo lutar pelo retorno, ela será recebida com muita educação. A gente esperava poder trabalhar. Em dezembro nós temos aprovação de LOA, temos apresentação das emendas impositivas e pautas muito importantes para serem debatidas. Ficar em uma situação insustentável de ‘sou atacada’, ‘sou vítima’, ‘estou sendo excluída’, não vai compor nem para ela e nem para nós”, declarou.

 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

 

Questionada se ela tinha percebido um certo deboche no retorno de Edna, Maysa relatou que percebeu o vereador Robinson desconfortável com a atitude da vereadora e que a equipe do parlamentar merece respeito, para que a situação não seja vista como um "atropelo".

 

“Vejo que o vereador Robinson Cireia que ficou em uma situação muito desconfortável, como se ele fosse um algoz de estar ali dentro. Ele teve que se justificar: ‘estou aqui falando porque tinha que vir’. Na verdade, ele é o vereador hoje. A equipe dele deveria estar no gabinete hoje, sendo respeitada, as coisas não sendo atropeladas. Então, novamente, não existe necessidade de atropelo, não existe necessidade dessa ‘eu voltei, vocês vão ter que me engolir’, acrescentou.

 

O presidente da Câmara, vereador Chico 2000 (PL), confirmou que vai dar posse à petista na sessão da próxima quinta-feira (7), após ser notificado da decisão que anulou o processo que cassou o mandato da parlamentar.

 

Na manhã desta terça-feira (5), a petista promoveu um café da manhã para apoiadores, em frente à Casa de Leis. Maysa, por sua vez, reprovou a movimentação, denominando o ato de "bagunça e barulho".

 

“Ela voltou por determinação da Justiça e será respeitada. A câmara precisa ser notificada, o vereador que está no posto precisa sair e os servidores precisam ser respeitados. Depois de tudo que aconteceu a gente está preocupado com o barulho que vai ser feito, porque Cuiabá não precisa de barulho e bagunça”, completou Maysa.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image