22 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09:23 - A | A

Terça-feira, 12 de Dezembro de 2023, 09h:23 - A | A

CONTAS REPROVADAS

Mauro diz que gestão de Emanuel é 'desastrosa' e povo vai pagar

Gazeta Digital

O governador Mauro Mendes (União), mais uma vez, criticou a gestão do prefeito de Cuiabá, Emanuel Pinheiro (MDB), e a classificou como "desastrosa". Desta vez, a fala foi sobre o relatório do Tribunal de Contas do Estado (TCE-MT) que recomendou a rejeição das contas do Município por diversas irregularidades e dívida de mais de R$ bilhão. O financeiro de Cuiabá foi analisado na semana passada e segue para apreciação na Câmara de Vereadores.

 

Segundo o governador, a população cuiabana vai sofrer por décadas as consequências da dívida feita por Emanuel durante a sua gestão.

 

"Isso é para olhar com muita tristeza [relatório], porque quem vai pagar essa conta são todos nós, cidadãos cuiabanos. A prefeitura, durante décadas, vai sofrer as consequências dessa gestão desastrosa", disse.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

De acordo com o relatório do TCE, a Capital não respeitou o limite de 95% estabelecido na Constituição da República entre as despesas correntes e receitas correntes, onde foi apontado um déficit de R$ 191.465.193,39.

 

Conselheiros do TCE votaram para a rejeição das contas da Prefeitura de Cuiabá, houve pedido de vistas dos conselheiro Antônio Joaquim e do e vice-presidente Valter Albano.

 

Em nota, a prefeitura negou as dívidas altas. Segundo o Executivo municipal, a atual Dívida Consolidada Líquida (DCL) do município está "extremamente" abaixo do limite legal de comprometimento em relação à Receita Corrente Líquida (RCL). Informou também que mais de 70% do volume débito de R$ 1,25 bilhão é resultado de administrações anteriores.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image