17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020, 09:41 - A | A

Quinta-feira, 19 de Novembro de 2020, 09h:41 - A | A

"RECADO DAS URNAS"

Mais votado, vereador descarta Mesa e cita renovação na Câmara

Mídia News

Mais votado nas eleições municipais deste ano em Cuiabá, o vereador Diego Guimarães (Cidadania) afirmou que viu a renovação de mais de 50% dos parlamentares da Câmara como uma resposta da sociedade contra a velha política.

O parlamentar, que recebeu 4.179 votos, exercerá um novo mandato a partir de janeiro de 2021 e apoia a chapa dos colegas Abílio Júnior (Podemos) e Felipe Wellaton (Cidadania) à Prefeitura de Cuiabá.

 

Em entrevista, disse que a resposta dada pelos eleitores nas urnas aos vereadores da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB) pode ser vista como uma “prévia” do que ocorrerá no segundo turno das eleições, que ocorre no dia 29 de novembro.

 

“Acredito que a rejeição, a não eleição de alguns vereadores, é um recado do que vai acontecer agora no segundo turno, que é o não à corrupção, o não ao dinheiro no paletó, é o não às esmeraldas, o não ao secretário de saúde preso, o não aos outros três secretários afastados”, afirmou.

 

Acredito que a rejeição, a não eleição de alguns vereadores é um recado do que vai acontecer agora no segundo turno, que é o não à corrupção, o não ao dinheiro no paletó, é o não às esmeraldas

“É o não ao modelo antigo de fazer política, do toma lá, dá cá, de dar o jeitinho brasileiro que sempre resolve. É o não ao político que acha que a população tem memória curta. É esse não. E esse não vai ser também materializado no voto no dia 29, na eleição do segundo turno”, acrescentou.

 

Diego afirmou que em nenhum momento achou que estivesse com a reeleição “ganha”. À reportagem, disse que estava preparado para vitória por avaliar ter feito quatro intensos anos de mandato, mas também para receber o não das urnas.

 

“Eu não tinha nem a garantia da minha eleição. No sábado, quando foi encerrado o processo eleitoral, a sensação era de dever cumprido, de que eu, meus familiares, meus apoiadores havíamos dado o nosso melhor física e mentalmente”, afirmou.

 

Mesa Diretora

 

Apesar de que, nos bastidores, exista uma conversa sobre presidência do Legislativo Municipal envolvendo o nome de Diego Guimarães, o vereador descartou a possibilidade, pelos menos no momento, afirmando estar focado na campanha de Abílio e Wellaton.

 

“Não tenho essa vontade dentro do meu coração, pelo menos nesse momento. É muito cedo para se falar nisso. Nem conheço todos os vereadores eleitos, nem tivemos a oportunidade de conversar. Não é o momento para discutir isso. Agora, estou focado em ajudar Abílio e Wellaton”, disse.

 

Mulheres no Legislativo

 

Cuiabá ganha muito com a participação efetiva e a eleição de mulheres nesse pleito

O parlamentar ainda exaltou a entrada de duas mulheres na Câmara de Cuiabá, após uma legislatura dominada por homens. A Capital não tinha presença feminina no Legislativo desde a saída de Lueci Ramos, em 2016.

 

Este ano, o Parlamento contará com a jornalista Michelly Alencar (DEM), de postura mais conservadora, e a professora Edna Sampaio (PT), de esquerda.

 

“Cuiabá ganha muito com a participação efetiva e a eleição de mulheres nesse pleito e às duas que foram eleitas fica o nosso respeito e desejo de boa legislatura durante esse quatro anos”, afirmou.

 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image