16 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quarta-feira, 18 de Novembro de 2020, 09:50 - A | A

Quarta-feira, 18 de Novembro de 2020, 09h:50 - A | A

NÃO ACREDITA EM DISCURSO

'Macho, branco e hetéro' diz Edna Sampaio sobre Abílio

Gazeta Digital

Eleita vereadora por Cuiabá, Edna Sampaio (PT), afirmou que a cidade não pode "eleger um candidato da extrema-direita com essa postura de violência do macho, branco e hetéro" se referindo ao Abílio Júnior (Pode) que está no 2º turno em busca do pleito municipal. A declaração foi dada durante entrevista para Rádio Vila Real, nesta terça-feira (17).


"Nós não podemos repetir que já vimos que deu errado, uma necropolítica de morte do trabalhador, uma negação de direitos, uma negação da ciência, da cultura, de tudo que a humanidade construiu nesses séculos de modernidade e pós-modernidade e colocarmos aqui em Cuiabá. Vamos lutar firmemente contra eleger um candidato da extrema-direita com essa postura, a violência do macho, branco, hetéro contra os corpos de toda a população", disparou.


Segundo a professora da Universidade do Estado de Mato Grosso (Unemat), líder sindical e militante do movimento feminista e negro, Abílio é um candidato anti-política.


"Além de ser um candidato que demonstrou por diversas vezes a sua misoginia, seu racismo a sua visão destorcida da própria política, a forma como foi feita a oposição foi uma forma que desrespeita as instituições e despolitiza as pessoas", argumentou.


A futura vereadora completou dizendo que o candidato a prefeito não representa ninguém.


"É um desserviço como o vereador atuou na câmara nesse tempo todo, é uma visão da política completamente deletéria, ou seja, ao fazer política nega a política, criminaliza a política e o marco da civilidade que deve ter toda pessoa nessa luta institucional. Acho que ele é um candidato anti-política, que não representa nem os interesses da esquerda e nem da direita".


Edna ainda traçou um paralelo entre Abílio e o atual presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e explicou porque é perigoso ter alguém com o seu perfil na gestão da Capital.


"A extrema direita já mostrou do que é capaz, do tipo de governo que faz, ta ai o Bolsonaro pra mostrar pra gente a ausência completa de limites. Uma posição política que nega tudo e se nega tudo é um império da mentira, dita e repetida tantas vezes que se torna verdade, acho impossível que a gente possa dar qualquer aceno para um candidato que tenha essa característica".


Posição oficial do PT


De acordo com Edna Sampaio, o Partido dos Trabalhadores (PT) irá discutir amanhã (quarta-feira, 18) a posição oficial do partido e disse que não sabe se a sigla irá apoiar Emanuel Pinheiro (MDB).


"Eu não sei se vai apoiar o Emanuel Pinheiro, porque apoiar é uma palavra forte demais, mas o PT vai se colocar como sempre se colocou contra esse movimento de extrema-direita que é contra a vida das pessoas".


Conforme a professora quando se está dentro de um partido é necessário saber distinguir sua opiniões pessoais.


"Nosso partido tem uma organização política muito forte, nós temos instâncias de deliberação. Quando a gente entra num partido você abdica de posições exclusivamente pessoais para compartilhar no coletivo as posições institucionais".


E reforçou que na política não é local para se abster de decisões. "Política não cabe a neutralidade, política é um espaço de tomada de posição. Então mesmo numa situação adversa como essa, onde o povo de Cuiabá elegeu para o segundo turno dois candidatos que não coadunam com nosso projeto petista de governo ou de legislar, nós haveremos de tomar uma posição".


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image