14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 09:49 - A | A

Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 09h:49 - A | A

GAZETA DADOS

Kalil mantém alta aprovação na gestão de VG

Gazeta Digital

O prefeito Kalil Baracat (MDB) vem mantendo o índice de aprovação na sua administração perante aos várzea-grandenses. Na segunda rodada de entrevistas realizadas pelo Instituto Gazeta Dados, 36% dos pesquisados classificam como positiva sua gestão, sendo 32% como boa a forma como o emedebista vem administrando o município e 4% classificam a administração como ótima.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Outros 44% definiram como regular a administração. Apenas 18% dos pesquisados afirmaram achar a gestão negativa, sendo 9% considerando ruim e 9% péssima. Não souberam ou não quiseram responder representaram 2% dos entrevistados.

 

Quando questionados se aprovam ou desaprovam a forma como Kalil Baracat vem administrando a cidade vizinha, 60% disseram que aprovam a gestão. Outros 31% desaprovam e 9% não souberam ou não quiseram responder.

 

Se compararmos com a primeira rodada de pesquisa Gazeta Dados em julho deste ano, vê-se que o Baracat manteve os mesmos índices levando em consideração a margem de erro de 4 pontos percentuais para mais ou para menos. Sendo uma oscilação de 3 pontos na aprovação para baixo, e 4 pontos na desaprovação para cima.

 

Também foi perguntado aos várzea-grandenses se eles confiam no prefeito. 36% dos entrevistados disseram confiar em Kalil Baracat e 29% afirmaram não confiar. Já 30% disseram que não confiam e nem desconfiam. Outros 5% não responderam.

 

Quando a pergunta é se o eleitor gosta do prefeito, 42% disseram gostar de Kalil e outros 13% afirmaram não gostar do gestor. Já para 39% isso é indiferente. E 6% não souberam responder.

 

Governo Mauro Mendes

O Gazeta Dados também questionou os várzea-grandenses sobre a gestão do governador Mauro Mendes (União). Perguntado se aprovam ou desaprovam a forma como Mendes vem administrando Mato Grosso, 65% dos entrevistados disseram aprovar a administração estadual e 22% disseram desaprovar.

 

Outros 13% não responderam ou não souberam responder. Já quando perguntado se o governador bem realizando um bom governo, 41% disseram que é positivo, sendo 34% bom e 7% ótimo. Já 39% classificaram como regular o governo Mendes. E outros 15% veem como negativo, sendo 7% para quem acha ruim e 8% para quem acha péssimo. E 5% não responderam.

 

Governo Lula

Quando o assunto é administração do país, 57% dos entrevistados aprovam como o presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) vem administrando o país. Outros 37% desaprovam. 6% não responderam. Quando questionados se o presidente Lula vem realizando um bom governo, para 43% a gestão petista é positiva, sendo que 31% classificam como boa, e 12% como ótimo. Já 23% veem como regular. Outros 30% classificam como negativa, sendo 10% como ruim e 20% acham péssimo. 4% não responderam.

 

A pesquisa foi realizada entre os dias 15 e 18 de novembro e ouviu 600 pessoas de forma presencial. A metodologia de pesquisa é Survey, com realização de entrevistas utilizando questionário estruturado junto a uma amostra representativa populacional do Estado de Mato Grosso.

 

A pesquisa usa amostra por quotas, proporcionais às características socioeconômicas da população em região, sexo, escolaridade, idade, e renda familiar, tendo como base o PNAD-IBGE e dados do TSE e TRE/ MT - 2023. A margem de erro é de 4,0 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

 

Perfil dos pesquisados

Entre os 600 entrevistados pelo Gazeta Dados, 54% foram do sexo feminino e 46% do masculino. Já 26% dos entrevistados têm idade entre 45 e 60 anos. Na faixa de 35 a 44 anos, o índice é de 22%. Os eleitores entre 25 e 34 anos também representam 22% dos entrevistados e 15% têm idade entre 16 e 24 anos. Já os que possuem mais de 60 anos representam 15% dos eleitores. Quanto ao grau de escolaridade, 49% disseram possuir ensino médio completo e incompleto, enquanto que 27% têm o ensino fundamental completo e incompleto. Os que possuem ensino superior completo ou estão cursando somam 19%. Quem nunca estudou e/ou não sabe ler e escrever representam 5%.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image