19 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Terça-feira, 05 de Dezembro de 2023, 09:33 - A | A

Terça-feira, 05 de Dezembro de 2023, 09h:33 - A | A

ASSASSINATO DE SORRISO

Ex-prefeita defende pena de morte e castração química em crimes brutais

Gazeta Digital

Ex-prefeita de Sinop (479,4 km de Cuiabá) e suplente de senador, Rosana Martinelli (PL), defendeu que criminosos sejam submetidos a pena de morte ou a castração química, ao comentar sobre o assassinato brutal de uma de mãe 46 anos e suas 3 filhas, na última segunda-feira (27), no bairro Florais da Mata, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá).

 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).


Por meio do Instagram, a ex-gestora disse que iria conversar com o senador Wellington Fagundes (PL) para que o assunto voltasse a ser debatido no Congresso Nacional. “Acho que nós temos que ir além, vou falar com o senador para que realmente volta a se discutir a pena de morte ou castração química. Em alguns casos, colocar esses indivíduos na cadeia ou nem colocar como o aconteceu. O que não podemos deixar esperando mais vitimas para se tomar providência”, disse.


Rosana não foi a única a comentar sobre o assunto. Na última semana, membros da banda federal e estadual também se manifestaram cobrando leis mais rígidas no país.


O assunto voltou a ganhar as manchetes após a chacina que vitimou Cleci Calvi Cardoso, 46, e suas filhas Miliane Calvi Cardoso, 19, Manuela Calvi Cardoso, 13, e Melissa Calvi Cardoso,10. Elas foram encontradas mortas na manhã desta segunda-feira (27), no bairro Florais da Mata, em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá). As vítimas estavam degoladas e 3 delas nuas.


O pedreiro foi preso horas depois após confessar ter cometido o crime.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image