17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 09:18 - A | A

Quinta-feira, 17 de Dezembro de 2020, 09h:18 - A | A

QUER PRESIDÊNCIA DA CÂMARA

Diego Guimarães não aceita apoio dos eleitos na base de Emanuel

Gazeta Digital

O vereador por Cuiabá Diego Guimarães (Cidadania) ainda está na articulação para a eleição da Mesa Diretora da Câmara Municipal, que ocorrerá no 1º de janeiro, após a posse dos eleitor e reeleitos nesta eleição. O parlamentar afirma que não aceitará apoio dos vereadores eleitos da base do prefeito Emanuel Pinheiro (MDB).


Segundo o parlamentar, que foi o mais votado este ano com 4.179 votos, até o momento ele possui o apoio de 6 vereadores e está nas tratativas com os recém chegados, que fazem parte da "renovação" na Casa de Leis. "Estamos conversando com todos, uma conversa muito boa inclusive".

 


Guimarães ainda enfatizou que em hipótese alguma irá aceitar o apoio parlamentares que foram reeleitos com apoio do prefeito Emanuel Pinheiro e que fizeram parte da cassação do seu colega Abílio Júnior (Pode).


"O que nós temos consolidado é que não aceitaremos no nosso grupo é se aproximar ao grupo do Emanuel Pinheiro, eles cassaram Abílio e eu não voto em cassou com eles".


Hoje quem compõe a base de Diego são os partidos Cidadania, Pros, Pode, DEM, PDT e Solidariedade. Já o prefeito tem como aliança partidária as siglas do PV, PP, PSB, PTB, PSDB, PSD e MDB.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image