19 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 10:38 - A | A

Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 10h:38 - A | A

SEGURANÇA

Deputado indica criação de casas de apoio às vítimas de violência

Gazeta Digital

O deputado Cláudio Ferreira (PL) enviou à Secretaria de Estado de Segurança Pública (SESP) uma indicação para a implantação de Casa Abrigo estadual para mulheres vítimas de violência doméstica em Rondonópolis, a fim de buscar medidas para a redução de ocorrências de feminicídio na cidade.

 

De acordo com o Estudo anual das mortes violentas de mulheres e meninas ocorridas em 2022 da diretoria de inteligência da Polícia Civil de Mato Grosso, entre janeiro e dezembro do ano passado, Rondonópolis foi a cidade que mais registrou feminicídios no estado. Já nos casos de homicídios, o município ficou empatado com Cuiabá em segundo lugar, atrás apenas de Sinop.

 

Leia também -Deputado acusa poluição de rio com rejeitos de garimpo

 

Na indicação, Cláudio Ferreira destaca a importância das Casas Abrigos para mulheres vítimas de violência doméstica. “Este é um problema que deve ser visto com atenção pelo estado, especialmente porque coloca mulheres em situação de vulnerabilidade econômica em maior risco, pois muitas dependem financeiramente de seus agressores e não têm para onde ir após denunciar a violência”.

 

Além dos casos de mortes de mulheres, Rondonópolis teve o aumento de 7% nos casos de estupros nos últimos 10 meses, segundo dados da Sesp.

 

As Casas Abrigos são locais de apoio e segurança para mulheres que são vítimas de violência doméstica ou são ameaçadas. Após o encaminhamento, as mulheres podem residir por um período inicial de 90 dias até terem as condições necessárias para recomeçar suas vidas. Os locais são sigilosos e oferecem apoio não apenas às mulheres, mas também às crianças em situação de risco iminente.

 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image