22 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023, 11:23 - A | A

Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2023, 11h:23 - A | A

ONDAS DE CALOR

Câmara cria comissão especial para acompanhamento do clima em Cuiabá

Redação

Por meio da Resolução 109/2023, a Câmara Municipal criou a Comissão Especial de Acompanhamento do Clima em Cuiabá e seus efeitos na população. Os trabalhos terão prazo de 120 dias, prorrogável por mais 120 dias, se necessário para a conclusão dos trabalhos.

A comissão será presidida pelo vereador Luis Cláudio (PP), o relator será o vereador Demilson Nogueira (PP) e terão como membros os vereadores Sargento Joelson (PSB), Rogério Varanda (MDB), Maysa Leão (Republicanos) e Fellipe Corrêa (Cidadania).

O documento foi publicado na Gazeta Municipal desta terça-feira (12.12) e foi assinado pelo presidente Chico 2000 (PL) no dia 11 de dezembro.

O pedido de instalação da comissão partiu do vereador Luis Cláudio. Ele argumentou que é preciso discutir as formas de minimizar as ondas de calor que elevaram as temperaturas neste ano acima de 40ºC.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

No dia 1º de dezembro, ele promoveu uma audiência pública para debater o assunto com técnicos, representantes da sociedade civil organizada, instituições e universidades. “Precisamos de programas e políticas públicas para que a gente possa suportar e que Cuiabá não fique inabitável”, disse ele.

Neste ano, a capital passou por ondas de calor acima de 40°C e a média da temperatura está até 4°C a mais do que o comum. No mês de novembro, do dia 6 ao dia 18, as máximas foram acima dos 40ºC. "Ou seja, fator incomum para o período e que não tinha sido registrado antes. Foram 14 dias seguidos com máximas acima dos 40ºC, atingindo o pico de 42ºC, temperatura esta que nunca tinha sido registrada até 2009 em Cuiabá nem nos meses historicamente mais quentes, como setembro e outubro", afirmou Luis Cláudio lembrando ainda que em outubro deste ano foi registrado 44,2º C de temperatura, assim sendo 2023 o mais quente da história de Cuiabá.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image