16 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍTICA Quinta-feira, 23 de Novembro de 2023, 10:19 - A | A

Quinta-feira, 23 de Novembro de 2023, 10h:19 - A | A

MOÇÃO DE APLAUSOS

Assembleia Legislativa homenageia Flor Ribeirinha

Redação

A Assembleia Legislativa do Estado de Mato Grosso (ALMT) realizou, na noite de terça-feira (21), sessão especial para homenagear 81 personalidades com moções de aplausos. A iniciativa foi do deputado Beto Dois a Um (PSB), que manifestou reconhecimento público pelos serviços prestados as empresas mantenedoras do grupo artístico Flor Ribeirinha e seus integrantes, com o objetivo de incentivar a cultura popular e o folclore de Mato Grosso.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

“É uma honra para mim poder homenagear esse grupo tradicional de Mato Grosso que fala muito sobre nossa capacidade de crescimento, e sobre a mudança de paradigma de cultura referenciada mundialmente com vários títulos mundiais”, disse o deputado Beto Dois a Um.

“São várias participações do Flor Ribeirinha que elevam a cultura de Mato Grosso, mostrando o caminho para que outras manifestações culturais possam divulgar a história do nosso estado. Um projeto bem feito e bem pensado pode alcançar o mundo, e isso o Flor Ribeirinha faz muito bem organizado. Tenho muito orgulho do trabalho artístico do Flor Ribeirinha, que nos representa pelo mundo”, disse o parlamentar.

O secretário adjunto estadual de Cultura, Jan Moura, lembrou que o Flor Ribeirinha é referência para outros grupos artísticos de Mato Grosso se apresentarem em competições internacionais.

“É bom destacar que o Flor Ribeirinha cumpre também outra missão que é muito especial, o grupo é referência para os demais grupos. A partir do momento que vemos o Flor Ribeirinha se destacando internacionalmente e ganhando tudo, a gente consegue perceber que eles estão influenciando outros grupos”, revelou.

“Isso é muito importante para a cultura de Mato Grosso. Posso dizer que o Flor Ribeirinha abre caminhos para que outros coletivos consigam chegar aonde o Flor chegou. Esse grupo é o resultado de políticas públicas, eles conseguem ser um vetor de capitalização de recursos públicos e privados também. Um sucesso total”, comentou.

A fundadora do Flor Ribeirinha, dona Domingas Leonor da Silva, destacou a importância da homenagem da Assembleia Legislativa e lembrou das dificuldades enfrentadas no início da formação do grupo.

“De todas as dificuldades que passamos, agora está sendo o reconhecimento positivo dessas conquistas. Está valendo o trabalho e sofrimento de todos esses anos que passamos, e hoje o Flor Ribeirinha é considerado um sinônimo da divulgação da cultura mato-grossense”, falou ela.

Dona Domingas agradeceu o apoio e incentivo à cultura no estado. “Para mim é uma emoção muito grande receber essa homenagem, que vai para nossa galeria de conquistas. Tenho orgulho de o grupo ser pentacampeão mundial de dança artística. Hoje o Flor Ribeirinha é respeitado no mundo todo. Agradeço muito a Deus, tenho 69 anos de vida, 50 deles trabalhando para a cultura e 30 anos de Flor Ribeirinha. Fazemos tudo por amor, não visamos lucros e nem dinheiro, por isso que Deus nos abençoa pelo nosso trabalho. Temos garra no que fazemos”, concluiu.

O diretor artístico do Flor Ribeirinha e neto de dona Domingas, Avinner Augusto da Silva Brandão, entende que o sucesso do trabalho vem da força de vontade nos ensaios de cada integrante que compõe o grupo.

“Estamos extremamente honrados e felizes com esse reconhecimento da Assembleia Legislativa, por parte do deputado Beto Dois a Um. Para nós, que somos legítimos representantes da nossa cultura, essa homenagem é um reconhecimento efetivo para o estado de Mato Grosso”, esclareceu.

“São 30 anos de Flor Riberirinha em que celebramos não apenas conquistas ou títulos internacionais de folclore, mas sim uma trajetória que rememora a nossa ancestralidade através dos mestres da comunidade São Gonçalo Beira Rio”, apontou ele.

O diretor artístico também destacou o trabalho passado de geração para geração pela família de dona Domingas.

“É história de vida e luta da minha avó, que passa por cinco gerações de cultura popular. Esse reconhecimento vem fortalecer ainda mais a cultura mato-grossense no sentido de preservar e divulgar nossas raízes. A força do povo Bororo permeia até hoje toda essa herança na nossa comunidade e também da energia da mulher, por meio da minha avó, que passa a energia para todos os integrantes do grupo”, disse.

O assessor institucional da empresa Energisa, um dos patrocinadores do Flor Ribeirinha, Carlos Luiz Moreira Junior, destacou o trabalho desempenhado pelo grupo em divulgar a cultura mato-grossense para outros países.

“Trata-se de um apoio fabuloso para uma representatividade não só de Mato Grosso, mas também internacional, que divulga a cultura do estado. É um prazer muito grande fazer parte do pool das empresas que apoiam o Flor Ribeirinha, ganhador e vencedor de tantos títulos nacionais e internacionais”, declarou ele.

Flor Ribeirinha - O grupo Flor Ribeirinha vem de uma recente conquista na Coreia do Sul. Os mato-grossenses venceram o Cheonan World Dance Festival, considerado o maior evento de dança folclórica da Ásia e o segundo maior do mundo. Esta foi a primeira vez que um grupo brasileiro venceu a competição.

Idealizado por Domingas Leonor para ensinar os passos e sons das danças para filhos e netos, que até hoje permanece à frente do projeto, o Flor Ribeirinha nasceu em 27 de julho de 1993, na comunidade de São Gonçalo Beira Rio, situada à margem esquerda do Rio Cuiabá, pertencente ao distrito do Coxipó da Ponte, em Cuiabá.

Vale destacar que, no começo, homens, mulheres e crianças levavam o ritmo mato-grossense em apresentações que se concentravam no estado, mas, com o passar do tempo, o Flor Ribeirinha teve o seu trabalho reconhecido e passou a levar o siriri para fora do país. O grupo folclórico já esteve se apresentando em mais de 20 países e, recentemente, na Coreia do Sul.

Atualmente o Flor Ribeirinha é composto por 70 pessoas no geral, com dançarinos, músicos, cantores e equipe de produção.

 

Foram homenageados na sessão especial:

Alexsandra Brilhante da Silva Lacerda

Ananda Cristina da Rocha Parreira

Avinner Augusto da Silva Brandão

Bianca Queiroz Brito

Caio Furlan Lucas Mendes

Cleiton de Jesus da Silva

Daniele Cristina Correa da Silva

Domingas Leonor da Silva

Edevaldo Gonçalves Siqueira

Edilaine Domingas da Silva

Edmilson Maciel Barbosa

Edna Maria de Souza Carneiro

Eduardo Aparecido dos Santos

Erondino José Leite de Oliveira

Evanderson dos Santos Antunes

Fagner Fernando do Espírito Santo Cerqueira

Fernando Augusto Magalhães dos Reis

Francismar Petini

Gabriel Henrique Aguiar Silva

Ghiovana Zulmira da Silva Morel

Ghiovane Lucas da Silva Morel

Grupo Flor Ribeirinha

Guilherme Henrique Leite da Silva

Gustavo Henrique de Almeida Tomicha

Hamilka Figueiredo da Cunha

Henrique Rodrigues Jabur Maluf

Iago Matheus da Silva

Igor de Arruda Campos

Iranil Pedrosa da Silva

Ismael Diniz do Espírito Santo

Ítalo Anderson da Silva Barbosa

Jane Santos de França

Janeide Dias de Souza

Jean Delgado dos Santos

Jefferson Roberto Neves Ferreira

Jeislaynny Pinto da Silva

Joedilson Pereira da Conceição

Jonnhy Herbert da Silva Brandão

Julian Estevão da Rosa

Juliane Karine Morais Silva

Keurylaine Souza Moraes

Khettlyn Luana da Silva Moraes

Laianny Beatriz Ramos Couto

Lenir de Arruda Amorim

Luan Wagner Ferreira da Silva

Lucas Francisco Pinto

Lucas Vinícius Amorim

Ludmila de Arruda Amorim

Magsandra Martins de Siqueira

Manoel Peixoto de Azevedo

Maria Clara de Oliveira Pinto

Maria Cristiana da Rocha

Maria Luiza Sousa

Maria Paiva Floriano

Mariana Destro Marioto

Mariana Laura Souza de Almeida

Matheus Rodrigues dos Santos

Maximiano Bruno Ribeiro de França

Michel Luiz Brito

Michel Sérgio de Pinho Cordovil

Murilo do Espírito Santo

Natália Xavier da Silva

Nathielli Vitória Xavier de Oliveira

Nayanne Magda da Costa Alves

Nicoly Cristine Lopes Faria

Paulo André ribeiro de Alencar

Pedro Henrique Alencar da Silva

Rayça Gabriela da Silva Nascimento

Regina Maria Martins de Siqueira

Semites Marques

Silvestre Ramer Conde de Oliveira

Thailine Jeanne de Jesus Souza

Thaís Martins de Souza

Vaudete dos Santos Luiz

Vinício Gonçalves da Silva

Virgílio Antônio Ribeiro

Wagner Nayhen de Almeida Silva

Wely Gomes de Miranda Guerra

Willian Vicente da Cunha

Zandonaide Abiano da Silva


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image