14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍCIA Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 10:53 - A | A

Quarta-feira, 06 de Dezembro de 2023, 10h:53 - A | A

OPERAÇÃO CAPTURA

Polícia Civil prende três responsáveis por tortura e execução de trabalhadores em Arenápolis

Redação

Na manhã desta terça-feira, 5 de dezembro de 2023 (05), a Delegacia de Arenápolis deflagrou uma operação que resultou na prisão de três integrantes de uma facção criminosa, responsáveis pelo sequestro, tortura e homicídios de duas vítimas durante um evento de rodeio ocorrido em julho deste ano, na cidade.

As vítimas, Said de Souza Rios, natural da Bahia, e Marcos Vinícius, natural do Maranhão, eram trabalhadores e residentes na cidade de Nova Marilândia. Conforme as informações coletadas durante a investigação, as vítimas tiveram as mortes ‘decretadas’ em um famigerado tribunal do crime da facção criminosa porque, supostamente, pertenceriam a uma facção rival.

Familiares das vítima procuraram a Delegacia de Arenápolis, que iniciou as investigações e, após uma série de diligências, quebras de sigilo e coleta de informações, a equipe policial chegou à identificação dos responsáveis diretos pelos crimes.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

À medida que as investigações progrediram, a Polícia Civil apurou que Said e Marcos foram sequestrados durante o Rodeio de Arenápolis e posteriormente levados a uma obra inacabada. No local, foram torturados e depois mortos com golpes de faca. Após o homicídio, os criminosos colocaram os corpos das vítimas em um veículo e os levou até uma região de mata.

Com base nas informações coletadas, o delegado de Arenápolis, Hugo Abdon, solicitou a prisão preventiva de cinco envolvidos ao Poder Judiciário.

"Ao longo de quatro meses de intensa investigação, acumulamos diversas evidências, incluindo o acesso a imagens de Said e Marcos capturados momentos antes de serem submetidos à tortura e assassinato. Estabelecemos uma força-tarefa, contando com o apoio da Delegacia Regional de Nova Mutum e essa união de esforços nos possibilitou reunir informações cruciais para a individualização das condutas dos criminosos”, pontuou o delegado.

Foram presos durante a operação desta terça-feira, T.G.S.O., de 28 anos, J.A.M., de 30 anos e C.A.E.S., de 18 anos. A mulher, de 28 anos, é apontada nas investigações como a mandante do crime e também a responsável por gerenciar o tráfico de drogas nos municípios de Nova Marilândia e Arenápolis. Os outros presos ocupavam a função de disciplina da facção criminosa em Arenápolis.

“A equipe da Polícia Civil de Arenápolis continua firmemente empenhada em localizar os corpos de Said Rios e Marcos Vinícius, que permanecem desaparecidos até o momento”, explicou o delegado Hugo Abdon.

Todos os alvos têm extensa ficha criminal e parte deles foi presa anteriormente. Os investigados responderão por homicídio triplamente qualificado, tortura e participação em organização criminosa. Dois ainda seguem foragidos.

 
 

Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image