25 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

POLÍCIA Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 10:23 - A | A

Quarta-feira, 25 de Novembro de 2020, 10h:23 - A | A

EM 4 DIAS

Homem gasta R$ 18 mil em bar, não paga conta e acaba preso

Gazeta Digital

Um estelionatário de 34 anos foi preso na noite de segunda-feira (23), em Sorriso (420 km ao norte de Cuiabá), após consumir bebidas em um bar e não pagar a conta. A comanda do estabelecimento foi fechada no valor de R$ 18 mil.

Informações da Polícia Militar apontam que os agentes foram acionados pela proprietária do bar, que informou aos policiais que o homem consumiu bebidas alcoólicas durante quatro dias e não quitou sua conta.

 

 

A mulher contou que o homem consumiu os produtos pagando com cartão, utilizando o sistema de agendamento do pagamento. Contudo, no dia em que a dívida foi creditada, o pagamento não foi efetuado.

 

Em contato com a polícia, ele disse que o cartão foi adquirido pela internet no nome de uma mulher. Aos militares, ele contou ainda que utilizava o cartão em uma modalidade de estelionato virtual, no qual as pessoas compravam ferramentas, depositavam o dinheiro na conta da titular e os produtos não eram enviados.

 

Além disso, ele também teria se hospedado em hotel com o cartão e utilizou a mesma estratégia de agendar o pagamento e não efetuar o débito no dia programado, acumulando uma outra dívida de R$ 570.

 

Aos agentes, o homem contou ainda que foi preso por estelionato na cidade de Rosário Oeste, além de ter sido detido também em Nobres. Diante dos fatos, um boletim de ocorrência foi registrado e o caso será investigado pela Polícia Civil.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image