22 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09:01 - A | A

Terça-feira, 19 de Dezembro de 2023, 09h:01 - A | A

TRADIÇÃO

Primeira-dama de MT prestigia e destaca respeito à cultura no 15º Festival de Siriri e Cururu em Cuiabá

Redação

O final de semana na capital foi embalado pelo 15º Festival de Siriri e Cururu no Ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá. A primeira-dama de Mato Grosso, Virginia Mendes, madrinha do grupo Flor Ribeirinha, participou da abertura. O evento tradicional conta com o apoio e incentivo do Governo do Estado.

Virginia Mendes destacou a importância de fortalecer a cultura típica da região do Pantanal para preservar as origens. "Sou uma admiradora nata da cultura da nossa região, a energia que a música e as danças trazem mexem com a gente, é algo motivador. Tenho muito respeito pela dedicação dessas pessoas que fazem questão de preservar a nossa cultura e a nossa história".

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

"Com certeza, no próximo ano, teremos um festival maravilhoso", ratificou Virginia Mendes.

Com investimento de R$ 700 mil do Estado, o evento iniciou na sexta-feira (15) e encerrou nesse domingo (17).

O secretário-chefe da Casa Civil, Fabio Garcia, afirmou o orgulho de incentivar o evento. “É uma honra para o Governo de Mato Grosso apoiar uma cultura tão tradicional e importante para a nossa região. A primeira-dama Virginia Mendes pediu que o Governo apoie o próximo evento, e já está garantido o 16º Festival de Siriri e Cururu".

A fundadora do grupo Flor Ribeirinha, dona Domingas, abençoou a primeira-dama e o governador por acreditarem no projeto cultural. "Peço bençãos a Deus pela vida da nossa madrinha, primeira-dama Virginia Mendes, e ao nosso governador Mauro Mendes, que acreditaram no potencial dos grupos e da Associação Nandaia".

Jean Moura, secretário adjunto de Cultura do Estado, exaltou a oportunidade dada à população de conhecer um pouco mais da cultura durante o evento. "Nós vivemos neste festival uma experiência muito positiva, em que os grupos de Siriri e Cururu construíram sua própria festa. É uma forma que a gente consegue desenvolver profissionalmente esses grupos", pontuou. 

As apresentações contaram com 12 grupos formados em quintais tradicionais com ritmos que embalam a cultura e a vida de um povo.

Nos três dias de eventos, o público conferiu as apresentações do Grupo de Cururu Tradição Cuiabana do Coxipó: Grupos de Siriri: Voa Tuiuiu, São Gonçalo Beira Rio, Flor Serrana, Estrela Guia, Vitória Régia do Pantanal, Raízes Cuiabanas, Flor do Campo, Flor de Atalaia, Coração Tradição Franciscano, Siriri Elétrico, além do Flor Ribeirinha.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image