19 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Terça-feira, 21 de Novembro de 2023, 11:05 - A | A

Terça-feira, 21 de Novembro de 2023, 11h:05 - A | A

CONFIANTE

Inquérito contra Nei Mauro pode ser arquivado por ausência de provas

Redação

A operação que visa combater a compra ilegal de mergulho toma um rumo mais assustador, um dos advogados envolvidos que pediu anonimato garante que um dos casos deve ter o inquérito questionável, assim chegando a um possível arquivamento. A citação do nome de um mega e respeitado empresário do Brasil no ramo de minério mais conhecido como Valdinei Mauro de Souza, tem suas inúmeras obras sociais, inclusive, custeando 100% em todos os partos da cidade de Poconé-MT, e em vários outros lugares do Brasil, onde mantém suas atividades sociais.

Segundo informações seguras de dentro da própria polícia federal, o nome do empresário foi incluído como uma “ajuda”, de um ex-sócio que nutri uma inveja sem limites, o empresário que teria orquestrado a inclusão, do nome do Valdinei Mauro, na operação atua também no ramo de minério, exploração de água nos municípios de Mato Grosso.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Conforme o inquérito, Valdinei teria usado um dos mais de 300 funcionários para a compra de mergulho, fato este que foi montado literalmente para difamar a imagem de um empresário que iniciou com uma simples madeireira no interior de Mato Grosso na cidade de Poconé a 105 quilômetros de Cuiabá, que veio a se torna um dos maiores e mais respeitado empresário do ramo de minérios do Brasil.

Aquele que por enquanto está assistindo de camarote à operação da polícia federal pode ser o próximo alvo a ser investigado, a polícia tem indícios concretos de simulação de retirada do minério, lavagem de dinheiro e outros crimes. Caso a polícia federal for afundo, achará velho conhecido da polícia.

Os advogados do Valdinei estão confiantes na justiça, tanto que colocaram balancetes da empresa a disposição. Já o seu velho rival, está trabalhando sua contabilidade temendo ser acordado no meio da noite como agentes federais. “Seria um grande ‘filé’ para a polícia federal mostrar resultado de suas investigações”, garante um advogado que preferiu não se identificar.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image