22 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11:49 - A | A

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 11h:49 - A | A

RECONHECIMENTO

Infraestrutura, saúde e educação: gestão Mauro-Pivetta termina 2023 com ações bem-sucedidas em áreas de interesse popular

Estradas, reforma na educação e obras estratégicas na saúde de Cuiabá foram lideradas pelo governador e vice

Redação

O governador Mauro Mendes (União Brasil) e o vice-governador Otaviano Pivetta (Republicanos) terminam o ano de 2023 prestigiados na classe política e em alta com a população mato-grossense.

Entre os investimentos realizados pelo Estado estão 2500 km de asfalto novos já entregues e, mais recentemente, a concessão da BR-163, que foi assumida pelo Governo do Estado em uma solução considerada inédita no país.

"Essa foi uma concessão feita lá em 2013, e que colapsou. Conseguimos uma solução inédita construída no TCU e assumimos aquilo que o mercado não foi capaz de resolver, porque não era viável ao mercado. Mas o Estado não visa lucro objetivo, ele visa o lucro social, visa o lucro de toda a cadeia que vai ser beneficiada por essa infraestrutura e nós entramos e conseguimos fazer isso", destaca o governador Mauro Mendes.

Para Mauro, é preciso destravar as obras de Infraestrutura voltadas ao escoamento da produção, em especial para Mato Grosso, que é o maior produtor do país e uma das regiões mais produtoras do planeta - podendo chegar a 100 milhões de toneladas de produção neste ano.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Entre os investimentos, Mauro citou os 2500 km de asfalto novos já entregues e, mais recentemente, a concessão da BR-163, que foi assumida pelo Governo do Estado em uma solução considerada inédita no país.

"Essa foi uma concessão feita lá em 2013, e que colapsou. Conseguimos uma solução inédita construída no TCU e assumimos aquilo que o mercado não foi capaz de resolver, porque não era viável ao mercado. Mas o Estado não visa lucro objetivo, ele visa o lucro social, visa o lucro de toda a cadeia que vai ser beneficiada por essa infraestrutura e nós entramos e conseguimos fazer isso", relatou.

Para Mauro, é preciso destravar as obrasde Infraestrutura voltadas ao escoamento da produção, em especial para Mato Grosso, que é o maior produtor do país e uma das regiões mais produtoras do planeta podendo chegar a 100 mi lhões de toneladas de produção neste ano.

Na educação, a gestão estadual já está implantando uma reforma nos métodos de ensino que pretende alavancar a qualidade dos estudantes do ensino médio, oportunizando mais capacidade para ingressar no ensino superior e também no mercado de trabalho.

A ferramenta inovadora contribuirá para impactos sociais importantes na educação pública, com base em metas e resultados mensuráveis.

O sistema estruturado é composto por apostila, plataforma digital, aplicativo, avaliações semestrais, exercícios complementares, banco de perguntas e formação continuada dos professores comduraçãode 120 horas por ano.

Na saúde, as obras de cons trução do Hospital Central de Alta Complexidade, em Cuiabá, já es tão 90% concluídas. A unidade hospitalar, que será a maior de Mato Grosso, vai atender as demandas de alta complexidade em saúde e receberá investimentos na ordem de R$ 184,5 milhões.

Além disso, desde março de 2023, o Estado assumiu a responsabilidade pelos serviços de saúde em Cuiabá. Com a missão de formatar novas políticas públicas, o governador Mauro Mendes, junto com o vice-governador Otaviano Pivetta, inaugurou a UPA (Unidade de Pronto Atendimento) do bairro Jardim Leblon, bem como a reforma e modernização da Superintendência de Vigilância de Saúde em Cuiabá.

No dia 28 de setembro, ainda foi entregue a Unidade de Saúde da Família (USF) no bairro Jardim Imperial.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image