14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 09:54 - A | A

Segunda-feira, 04 de Dezembro de 2023, 09h:54 - A | A

EM CINCO ANOS

Governo de Mato Grosso recupera 3.145 km de rodovias e garante mais segurança no trânsito

Redação

O Governo de Mato Grosso recuperou 3.145 quilômetros de rodovias estaduais nos últimos cinco anos. Os números são resultado de um trabalho constante para melhorar a qualidade da malha viária mato-grossense, garantindo mais segurança no trânsito.

Apenas em 2023 foram 1.140 quilômetros recuperados, que se somam aos 2.005 entregues nos primeiros quatro anos da atual gestão. Para os próximos anos, a meta é recuperar pelo menos mais 1.000 km de estradas.

Mato Grosso tem a maior malha rodoviária sob administração estadual no Brasil. São 31.230,24 quilômetros, números superiores a Minas Gerais, que tem 27.211 km, São Paulo (22.288 km) e Bahia (19.089,2 km). As rodovias são fundamentais para se ter acesso a cada um dos 142 municípios mato-grossenses.

Além disso, Mato Grosso é o maior produtor agropecuário do país, liderando a produção de grãos e rebanho bovino. Toda essa produção é transportada em carretas pelas rodovias.

“Mato Grosso tem um enorme desafio logístico para superar e a Secretaria de Infraestrutura tem a missão de superar esse desafio e acompanhar o crescimento do Estado. É preciso trabalhar com planejamento e inovação para garantir a manutenção da nossa malha rodoviária”, explicou o secretário de Infraestrutura e Logística, Marcelo de Oliveira.

As obras de recuperação foram realizadas em diversas regiões do Estado. Na região sul, o Estado recuperou 131 km das MTs 370 e 299, com investimento de R$ 48 milhões. A primeira liga a BR-163 até a sede do município, enquanto a segunda permite o acesso até o Terminal Rodoviário do Município.

Na região norte, a Sinfra-MT avançou na recuperação da MT-170 entre Brasnorte e Juína. São 283 km em obras, em um investimento de R$ 200 milhões. Já na região de Cuiabá, o governo recuperou a MT-251 entre Cuiabá e Chapada dos Guimarães e entre Chapada e o trevo do Gardez.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

 

“Temos que cuidar da malha asfaltada, para permitir que todos os cidadãos exerçam o direito de ir e vir. Nossas estradas são um dos maiores, talvez o maior patrimônio do Estado, e precisam de um trabalho constante”, afirmou o secretário.

O que está por vir

Como Mato Grosso é um Estado que não para, a Sinfra-MT tem mais obras de recuperação planejadas para os próximos anos. É o caso da MT-457, que liga Jaciara até a Cachoeira da Fumaça, a MT-010 entre Cuiabá e Rosário Oeste e a MT-020, entre Paranatinga e Canarana.

 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image