14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 14:37 - A | A

Segunda-feira, 27 de Novembro de 2023, 14h:37 - A | A

CONTROLANDO INCÊNDIO

Garantindo a extinção do fogo no Pantanal de MT, bombeiros realizam ações preventivas

Redação

Com uma nova estratégia, o Corpo de Bombeiros Militar de Mato Grosso trabalha para garantir a extinção completa do fogo em todos os pontos de incêndio no Pantanal mato-grossense. Após as chuvas na região, as ações estão concentradas na construção de aceiros e realização de rescaldos nos incêndios que atingem. 

“O trabalho dos bombeiros está concentrado em fazer o: rescaldo, construção de aceiros e combate de algumas resignações. A situação não é mais crítica como antes, então o trabalho de agora é garantir que as chamas não retomem com maior intensidade”, explica o comandante do Batalhão de Emergências Ambientais (BEA), tenente-coronel Marco Aires.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Devido às características da flora pantaneira que contribuem para o surgimento de incêndios subterrâneos, alguns dos aceiros construídos são alagados com o uso de motobombas. Esta estratégia é usada em alguns pontos da Transpantaneira.

“Um aceiro alagado é uma linha de defesa potencializada por resfriar o solo e desacelerar a propagação da chama lenta. Essa é a estratégia usada na Transpantaneira para impedir que o fogo retorne ao solo e avance para novas regiões”, explica o comandante. Além das ações preventivas, o Corpo de Bombeiros também realiza o monitoramento in loco da região com o sobrevoo de aeronaves e uso de drones, e monitoramento com satélites na Sala de Situação Central, em Cuiabá.

Oito pontos de combate

Nesta quinta-feira (23.11), cerca de 110 bombeiros, militares do Centro Integrado de Operações Aéreas (CIOPAer) e agentes da Defesa Civil do Estado atuam nas ações preventivas, com apoio de aviões, helicóptero,11 barcos, 16 viaturas, três caminhões-pipa e três máquinas para a construção de aceiros e abertura de estradas.

As equipes se concentram no Parque Estadual Encontro das Águas e Transpantaneira; bacia hidrográfica do Sararé; Parque Nacional do Pantanal e Reserva Federal Dorochê; São Pedro de Joselândia; Santo Antônio do Leverger; Rio Paraguai, próximo a Cáceres; fronteira com a Bolívia, em San Matías; e Terra Indígena Portal do Encantado.

“Todos os bombeiros empenhados na região só retornam para suas bases quando o incêndio no Pantanal estiver completamente extinto. É uma ação que, infelizmente, não tem data para chegar ao fim devido às características da flora e as condições climáticas que podem ou não contribuir para o nosso trabalho, mas continuaremos por lá até quando for necessário”, afirma o comandante.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image