17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 15:21 - A | A

Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 15h:21 - A | A

REGULARIZAÇÃO FUNDIÁRIA

“Essa escritura representa tudo para mim”, declara moradora ao receber documento de casa onde mora há 35 anos

Redação

Moradora do bairro 15 de Maio, em Várzea Grande, há 35 anos, Vanilda Pedro Alves recebeu a escritura definitiva da casa onde vive desde os 11 anos. Ela foi uma das 500 beneficiadas com os títulos definitivos de imóveis entregues pelo Governo de Mato Grosso na última sexta-feira (24).

“O bairro tem cerca de 39 anos e moro aqui há 35. Esta escritura representa tudo para mim. Consegui colocar no meu nome. Glória a Deus. É muita emoção, meu Deus. É um desejo realizado. Só tenho a agradecer”, afirmou Vanilda, que é cadeirante. 

Vanilda também lembrou dos pais com quem se mudou para o imóvel quando ainda tinha 11 anos. "Essa casa era dos meus pais e eles a deixaram para mim. Consegui colocar no meu nome. Era um desejo deles", enfatizou.

Além do 15 de Maio, o Governo entrou escrituras de imóveis em outros 17 bairros de Várzea Grande no mesmo dia.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Os documentos, registrados em cartório, foram entregues sem nenhuma despesa para os moradores. A escritura definitiva proporciona segurança jurídica e dignidade para as famílias, permitindo direitos de herança, venda e uso das propriedades como garantia para empréstimos.

Para essa regularização fundiária em Várzea Grande, o Governo do Estado investiu R$ 17,8 milhões, em parceria com a Prefeitura do município e a Assembleia Legislativa de Mato Grosso.

Desde o início da gestão, já foram entregues 16.574 escrituras urbanas em Mato Grosso. Em Várzea Grande, 1.988 famílias receberam gratuitamente os documentos de seus imóveis.

Ao todo, 15 mil famílias do município serão beneficiadas.

O Instituto de Terras de Mato Grosso (Intermat) tem como meta entregar 20 mil escrituras urbanas e rurais em todo o Estado até 2026 para garantir dignidade e segurança às famílias, permitindo-lhes direitos e acesso a benefícios antes inacessíveis.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image