15 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023, 09:28 - A | A

Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023, 09h:28 - A | A

ANUÁRIO ESTATÍSTICO

Detran aponta redução de 18% no número de acidentes de trânsito em Mato Grosso

Redação

O Anuário Estatístico de Trânsito de Mato Grosso 2023, disponibilizado pelo Departamento Estadual de Trânsito (Detran-MT) nesta semana, aponta redução de 18% nos acidentes de trânsito em 2022, em comparação com o ano de 2021. Enquanto no ano passado foram registrados 7.926 sinistros, em 2021 foram 9.689.

Conforme o balanço (disponível aqui), do total de sinistros em 2022, 7.268 não resultaram em óbito, enquanto 658 tiveram registro de mortes. Os dados ainda apontam que 67% das vítimas em Mato Grosso foram homens e 33%, mulheres.

O documento também aponta que domingo foi o dia da semana em que mais ocorreu os acidentes de trânsito em 2022, sendo 8,3% dos registros. O período noturno e a madrugada apresentaram maior índice, sendo 40% dos casos.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Quanto às autuações de infrações de trânsito, em 2022 foram 952.626 registros, o que representa um aumento de 32% em relação ao ano de 2021, em que se totalizou 718.212 autuações.

“Importante pontuar que o Detran investiu e reforçou a atividade de fiscalização de trânsito, especialmente em Cuiabá e Várzea Grande, com flagrantes de muitas infrações envolvendo motoristas e veículos, fator que contribuiu para o aumento desses registros de autuações”, observou o gerente do Registro Nacional de Acidentes e Estatísticas de Trânsito (Renaest) do Detran-MT, Walber Desto.

A infração que continua se destacando como a mais cometida pelos condutores é a de transitar em velocidade superior a máxima permitida em até 20%, totalizando 398.389 autuações somente em 2022.

Conforme Walber, os dados disponibilizados no Anuário Estatístico, que tem 2022 como ano-base, permitem identificar padrões de comportamento, como tendência e sazonalidade, pontos críticos e os fatores de risco presentes no trânsito em Mato Grosso, contribuindo para melhoria da política pública de segurança viária no Estado.

O Anuário contém, ainda, informações sobre habilitação, veículos, fiscalização e educação para o trânsito.

“É um documento produzido anualmente pelo Detran-MT que serve como base para as ações dos órgãos e entidades que atuam na área da Segurança Pública no auxílio a redução de acidentes e no combate à violência no trânsito”, destacou o presidente do Detran-MT, Gustavo Vasconcelos.

O documento é desenvolvido pelo Detran-MT, por meio da equipe Renaest, com colaboração da Secretaria Nacional de Segurança Pública (Senasp) e Secretaria de Segurança Pública de Mato Grosso (Sesp-MT).


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image