22 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

GERAL Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 10:43 - A | A

Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2023, 10h:43 - A | A

EM MATO GROSSO

Agricultores precisam estar atentos à fertilidade do solo devido ao calor intenso em diversas regiões, diz especialista

Redação

A intensa onda de calor que tem afetado diversas regiões em Mato Grosso pode gerar preocupações entre os agricultores, devido aos impactos potenciais na fertilidade
do solo e na produção agrícola. Com temperaturas elevadas, chuvas irregulares e a previsão de calor intenso persistindo, é crucial que os agricultores estejam atentos e adotem medidas para preservar o solo e garantir o sucesso das safras.

O calor extremo pode desencadear uma série de desafios para a agricultura, incluindo a perda de nutrientes do solo, a redução da atividade microbiana benéfica e a desidratação das plantas. Diante desse cenário, a atenção à nutrição das plantas e à fertilidade se torna ainda mais essencial para mitigar os impactos negativos das altas temperaturas.

De acordo com Alvaro Fachim, coordenador do curso de Agronomia da Faculdade Anhanguera, a orientação é para que os agricultores estejam atentos e preparados para todas as circunstâncias, garantindo a aplicação correta de fertilizantes e a manutenção de níveis adequados de nutrientes no solo.

“Diantedessecontexto,aadoçãodetecnologiasepráticassustentáveis,comoaagriculturadeprecisãoeomanejointegradode nutrientes,podeserfundamentalparapreservar a fertilidadedosoloe garantir aprodutividadedaslavourasemfacedocalorintenso”,destacaodocente.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Abaixo, o especialista listou algumas recomendações para os agricultores enfrentarem essas condições adversas:
- Realize análises periódicas do solo para verificar os níveis de nutrientes e matéria orgânica;
-Adotarpráticasdemanejoque contribuam para a manutenção da fertilidade do solo, como a rotação de culturas e
a aplicaçãode adubosorgânicos;
- Utilizar variedades de plantas
adaptadas às condições climáticas
da região;
- Monitorar o desenvolvimento das lavouras e tomar medidas
preventivas caso seja necessário.

 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image