18 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

ENTREVISTA DA SEMANA Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020, 09:13 - A | A

Segunda-feira, 23 de Novembro de 2020, 09h:13 - A | A

“O resultado das urnas apenas consagrou esse grito de revolta, que foi externado no voto”

Regina Botelho Da Redação

O vereador por Cuiabá, Diego Guimarães (Cidadania) foi o mais votado pela população cuiabana, sendo reeleito com 4.179 votos, que o fez permanecer na Câmara de Cuiabá nos próximos quatro anos. Em entrevista ao Jornal Centro-Oeste Popular ele fala sobre a vitória no dia 15, das metas para o próximo ano e suas prioridades. Confira.

CO Popular – Como o senhor se sente sendo o vereador mais votado em Cuiabá?

Diego Guimarães – A responsabilidade e o sentimento é o mesmo de quando fui eleito pela primeira vez. É a sensação de que tenho que me dedicar por Cuiabá, entregar o meu melhor pela cidade nos próximos quatro anos, porque nada difere o vereador que foi mais votado do vereador que ficou em terceiro ou quarto lugar, enfim, todos os vereadores são vereadores de Cuiabá. Então pra mim não muda em nada o fato de ter uma responsabilidade de prestar um bom serviço para nossa cidade.

CO Popular – E quais as prioridades para o próximo mandato?

Diego Guimarães – A prioridade são os projetos de lei que apresentamos nesse quadriênio, que infelizmente não pudemos aprovar por se uma minoria na Câmara, por ser oposição, a ideia é resgatá-los. Por exemplo, a Emenda da Moralidade é um deles. É um projeto que visa otimizar e melhorar a prestação de serviço público na nossa cidade com critérios claros para o preenchimento dos cargos de chefia. Segundo é estabelecer um diálogo mais intenso com o Poder Executivo na efetivação de algumas políticas públicas, como da educação inclusiva, da assistência à pessoa com deficiência, da assistência pessoal das pessoas cometidas de doenças raras, para que os serviços públicos cheguem na ponta com maior eficiência. Essas são as bandeiras que tenho para o início do próximo mandato.

CO Popular – O que a população pode esperar de Diego Guimarães na próxima legislatura?

Diego Guimarães – É manter o máximo possível, a mesma dedicação, porque às vezes pensam: agora você vai trabalhar dobrado? Eu já trabalhava triplicado, nunca tive horário, nunca me escondi da população, nunca deixei de estar atento e atender as pessoas, porque cada pessoa que procura o vereador, ele procura com uma demanda e preocupação, e toda preocupação que nos vem, temos que dar no mínimo a atenção. Não tem solução pra tudo, mas podemos pelo menos dar aquela atenção pra poder dar uma resposta positiva ou negativa, falando que tem ou não tem como resolver. Então o que esperar? É a manutenção, o mesmo cuidado, o mesmo empenho, a mesma dedicação e vontade de transformar Cuiabá em um lugar melhor para se viver.

CO Popular – O Mercado Municipal sempre teve promessas de revitalização, que nunca se concretizou. O senhor tem alguma proposta para aproveitamento daquele espaço? E como resolver o problema dos moradores de rua?

Diego Guimarães – Essas são questões que competem ao Poder Executivo. O Mercado Municipal há um recurso vindo do Governo Federal via Ministério da Agricultura para reforma, inclusive à época eu era do Partido Progressista juntamente com Neri Geller e salvo engano foi feita essa viabilização do recurso que infelizmente o prefeito não conseguiu efetivar a construção do novo Mercado Municipal que tornaria o ambiente muito melhor para comercialização e também um atrativo turístico para nossa cidade. A questão das pessoas em estado de rua é outra preocupação também competente ao Poder Executivo, que eles têm que priorizar a política pública voltada para as pessoas em estado de rua que seja efetiva, e o que acontece? Infelizmente essas pessoas a grande maioria delas também são pessoas dependentes químicos, mas tivemos na Gestão Emanuel Pinheiro um orçamento que veio com fundo municipal de combate às drogas de apenas R$ 100 mil, então falar de política pública para pessoa em estado de rua ou para pessoa que é dependente químico sem ter recursos públicos para se fazer política pública, não tem cabimento. No âmbito do Legislativo o que eu posso fazer é dialogar com os nobres pares para que na aprovação do Orçamento já de 2021, já que não votamos a LOA, para que possamos estabelecer recurso suficiente para que as políticas públicas voltadas às pessoas em estado de rua e também para pessoa dependente químico elas possam ser atendidas pelo município.

CO Popular – Qual avaliação o senhor faz do resultado das eleições?

Diego Guimarães – Eu acho que a população vinha dando recado, demonstrando claramente que não aceitava mais determinadas posturas, a população vinha dizendo que estava cansada da velha política do toma lá dá cá, a população dava recado de que não aceitava mais absurdos como a cassação do vereador Abílio Júnior, a população vinha avisando, vinha gritando que não aceitava mais condutas que não fossem condizentes com os interesses da população. O resultado das urnas apenas consagrou esse grito, que agora foi externado no voto, onde muitos que achavam que a população não estava atenta a tudo que acontecia dentro da Câmara, que achava que os cargos que tinha na Prefeitura sustentaria uma reeleição, que achava que o poder econômico poderia suplantar a inteligência e a sabedoria da população cuiabana foram vencidos nas urnas por conta justamente dessa população que gritava, que dava recado, mas não era ouvida, e na urna ela foi lá e mostrou sua indignação.

CO Popular – O senhor sendo o mais votado, naturalmente é lembrado para presidência da Casa. Tem essa pretensão?

Diego Guimarães – Não tenho nesse momento, não passa pela minha cabeça, não tenho articulação, não tenho qualquer tipo de conversa sobre esse assunto. No momento minha dedicação tem sido agradecer os eleitores que votaram em Diego Guimarães e pedir voto pro Abílio e Wellaton 19. A minha preocupação nesse momento tem sido essa. Agora meu desejo é de primeiramente terminar a missão. A missão foi cumprida pela metade, que foi tirar determinados vereadores daqui de dentro, estarmos reeleitos, e agora a missão completa é tirar o prefeito de lá e colocar o Abílio.

CO Popular – Como o senhor vê a renovação da Câmara?

Diego Guimarães – A renovação foi substancial, agora não adianta ter uma renovação de nomes se não tiver uma renovação de postura. Espero muito e acredito que os vereadores que foram eleitos tenham na cabeça a convicção de que não podem mais fazer política como os que foram vencidos nas urnas. É hora de mudar a postura, é hora de mudar a cabeça, é hora de mudar o jeito de fazer política. Eu acredito muito nesses vereadores, aos poucos que consegui conversar até agora e percebi neles um desejo de participar dessa mudança nessa política que está acontecendo a nível nacional e no município isso vem de forma mais intensa nessas eleições. Então acredito que será uma legislatura extremamente proveitosa e que vai honrar todos os cuiabanos que confiaram nesses vereadores.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image