17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

ECONOMIA Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 09:59 - A | A

Segunda-feira, 27 de Maio de 2024, 09h:59 - A | A

SETOR PRODUTIVO

Inmetro e Fiesp fazem acordo para superar barreiras nas exportações

Encontro contou com 33 setores da indústria brasileira, que pediram maior fiscalização do comércio eletrônico para combater a pirataria e outras irregularidades

Redação

O Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) realizou, nesta quinta-feira (23), a segunda edição do programa “Diálogo com o Setor Produtivo” na sede da Federação das Indústrias de São Paulo (Fiesp).

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

Do encontro e reunião de trabalho participaram representantes de 33 setores da indústria brasileira e toda a equipe técnica do Inmetro. O encontro teve como objetivo ouvir o setor produtivo para mapear as necessidades dos empresários e aproximar o Inmetro da categoria, fortalecendo e impulsionando a sua consolidação no mercado nacional e inserção no mercado internacional.

Nessa reunião, além dos debates e orientações por parte do instituto, saíram resultados importantes como a unanimidade em torno da fiscalização ostensiva ao e-commerce (comércio eletrônico).

E-commerce

Diante das inúmeras reclamações dos empresários de setores como autopeças, vidro, têxtil, higiene e limpeza, eletroeletrônicos, que pediram mais fiscalização e controle regulatório do comércio eletrônico, o presidente do Inmetro, Márcio André Brito, afirmou que o instituto está empenhado nessa questão.

Ele destacou os recentes acordos de cooperação técnica com a Receita Federal, os Correios e até mesmo com o Corpo de Bombeiros para dar segurança jurídica e econômica ao setor produtivo brasileiro.

“Esses acordos entre órgãos governamentais estão dentro do nosso Plano Nacional de Vigilância de Mercado para fazermos maior controle e fiscalização não somente no e-commerce, mas também em todas as áreas da indústria e comércio brasileiro. Nesse sentido, essa parceria com o setor produtivo, como estamos fazendo nessa reunião, é fundamental para que esse programa e suas ações tenham os resultados esperados", ressaltou Márcio Brito.

Parceria e diálogo

O presidente em exercício da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), Dan Ioschpe, apoiou sugestões dos associados para que o Inmetro também estenda as parcerias e acordo de cooperação com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) e a Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), agência pública de financiamento e inovação para ajudar nos processos de regulação do setor produtivo nacional.

“Essa parceria e diálogo entre o Inmetro e a indústria brasileira, como já vem ocorrendo, são fundamentais para o desenvolvimento e segurança do ambiente de negócios do nosso país”, concluiu Ioschpe.

Inmetro anuncia na Fiesp a inauguração da sede física regional sudeste no Estado de São Paulo

O presidente do Inmetro, Márcio André Brito, anunciou, durante a reunião na Fiesp, a inauguração da estrutura física da sede regional do Inmetro na região sudeste do país, no Estado de São Paulo.

A sede regional atualmente funciona nas instalações do Instituto de Pesos e Medidas do Estado de São Paulo (Ipem-SP). A nova estrutura física prestará melhor assistência técnica ao setor produtivo, ao comércio e aos consumidores, especialmente na área da avaliação da conformidade da metrologia legal.

Com a implementação, serão constituídos departamentos voltados ao combate de fraudes cibernéticas, com a estruturação de fiscalização digital sobre produtos ofertados em plataformas e-commerce.

A nova estrutura representa um marco na fiscalização a produtos comercializados irregularmente, que colocam em risco a integridade de seus consumidores pela ausência de obediência a critérios já normatizados, mas nem sempre observados por fabricantes e fornecedores.

Acordo de Cooperação Técnica

Na ocasião, também foi anunciada a assinatura de um acordo de cooperação técnica entre Inmetro e Fiesp, que vem para consolidar uma antiga parceria de trabalho que estreita laços do Inmetro com o setor produtivo brasileiro.

O propósito do acordo é facilitar a superação de barreiras técnicas que dificultam as exportações brasileiras e impactam a economia brasileira.

Participaram do Diálogo com o Setor Produtivo representantes das seguintes instituições:  Abihpec, Abilux, Abimaq, Abinee, Abiquim, Abit, Abraciclo, Abramat, Anfacer, Anfamoto, Anip,  Cosag, Decomtec, Decomtec/Simvep, Dempi, Empresa Negrão, FNCP/IBL, GBMX, Instituto da Qualidade Ferroviária, Siamfesp, Sibapem, Sicetel/Abimetal, Sietex, Simefre, Sinbevidros, Sindicel, Sindipeças, Sindirepa, Sindiveg, Sindratar, Sinproquim, Sitivesp, Stanley Black & Decker e Weg.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image