17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

ECONOMIA Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 10:47 - A | A

Terça-feira, 28 de Maio de 2024, 10h:47 - A | A

CRÉDITO SOLIDÁRIO

Fundo garantidor de crédito solidário do BNDES viabiliza R$ 5 bi para pequenos negócios do RS

Poderão ser contratadas operações com valor de até R$ 10 mi, com até 84 meses para pagamento e até 24 meses de carência

Redação

O Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) disponibiliza, a partir desta segunda-feira, 27, operações de garantia no âmbito do programa “FGI PEAC Crédito Solidário RS”, fundo criado para atender à demanda de ampliação de acesso ao crédito do Estado do Rio Grande do Sul. A expectativa é que sejam viabilizados R$ 5 bilhões em novos créditos para produtores rurais, micros empreendedores individuais (MEIs) e micro, pequenas e médias empresas (MPMEs), das regiões em estado de calamidade atingidas pelos eventos climáticos extremos.

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

O “FGI PEAC Crédito Solidário RS” permite garantia de até 80% por operação de crédito para operações com produtores rurais e com empresas cujo faturamento seja de até R$ 300 milhões por ano. Poderão ser contratadas operações com valor de até R$ 10 milhões, sendo permitidos até 84 meses para pagamento, e até 24 meses de carência.

A solução permite que, mesmo frente ao cenário adverso provocado pelas chuvas e enchentes, os agentes financeiros habitados junto ao FGI PEAC ofereçam linhas com condições diferenciadas nas operações de crédito que contratam.

“A medida integra um conjunto de soluções estruturadas pelo BNDES sob a orientação do presidente Lula para proporcionar alívio às empresas e produtores rurais em dificuldade no Rio Grande do Sul. Neste caso, o objetivo é beneficiar principalmente os pequenos negócios, que mais necessitam de crédito para manter ou retomar suas atividades”, afirmou o presidente do BNDES, Aloizio Mercadante.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image