17 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

CIDADES Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2020, 10:48 - A | A

Quinta-feira, 10 de Dezembro de 2020, 10h:48 - A | A

INFRAESTRUTURA

Sete municípios aniversariantes são contemplados com investimentos de R$ 230 milhões do Governo de MT

Redação

Sete municípios mato-grossenses comemoram aniversário nesta quinta-feira (10). São eles: Alto GarçasRondonópolis e Tesouro (67 anos), Torixoréu (64), Juscimeira e Nova Brasilândia (41) e Nova Lacerda (25).

Em todos eles, o Governo do Estado está presente com ações em infraestrutura, investindo R$ 230,2 milhões em 506 quilômetros de rodovias estaduais (entre pavimentação, restauração, reconstrução e manutenção), em educação e em saúde, beneficiando um total de 277 mil habitantes.

Alto Garças, 12.151 habitantes (distante 365 km de Cuiabá), avança na pavimentação de 26,7 km da MT-110, parte da interligação entre Alto Garças e Guiratinga. Investimentos de R$ 21,3 milhões. A previsão de entrega à população é no início do ano que vem.      

Sinfra-MT

Governo avançana pavimentação de 26,7 quilômetros da MT 110  - Sinfra/MT                                                                                                                             

Juscimeira, 11.176 habitantes (distante 163 km de Cuiabá), é beneficiada com assinatura de convênio para manutenção de 231,32 km de rodovias não pavimentadas, incluindo 29 pontes de madeira, entre elas as MT-373 e MT-472. Investimentos de R$ 14,6 milhões pela Sinfra (Secretaria de Estado de Infraestrutura e Logística), com contrapartida de R$ 147 mil.     

Em Nova Brasilândia, 3.805 habitantes (distante 204 km de Cuiabá),  reconstrução de 9,97 km da MT-240, entre o km 220 e Nova Brasilândia;  pavimentação de 53,16 km da MT-140/MT-020, entre Nova Brasilândia e Planalto da Serra; e conclusão de duas pontes de concreto na MT-020, ambas com 92 metros, sobre os rios Ribeirão dos Cavalos e Finca Faca. No total, foram investidos R$ 106,7 milhões.                               

Em Nova Lacerda, 6.751 habitantes (distante 541 km de Cuiabá), previsto o início da pavimentação de 1,6 km entre Avenida Antônio Carlos do Amaral, no perímetro urbano e a MT-473. Investimento de R$ 2.4 milhões.                                                                       

Sinfra-MT

Previsto oinício da pavimentação de 1,6 km da avenida Antônio Carlos do Amaral, em Nova Lacerda - Foto Prefeitura de Nova Lacerda

Em Rondonópolis, 236.042 habitantes (222 km de Cuiabá), restaurados 108,2 km da MT-270, entre entroncamento MT-130, no município, e entroncamento da MT-110, em Guiratinga, melhorando o tráfego entre os dois municípios; e concluído o anel viário, com extensão de 16,04 km, onde se investiu R$ 7,137 milhões.                                    

Também em Rondonópolis, foram investidos R$ 9,45 milhões na construção de 18 salas de aula e uma quadra poliesportiva, reforma e ampliação e manutenção, beneficiando oito escolas estaduais do município.

Governador Mauro Mendes inaugura Anel Viário e visita obras em escolas e hospitais em Rondonópolis
Créditos: Christiano Antonucci

Anel viário de Rondonópolis - Foto Maike Toscano (Secom-MT) 

Em Tesouro, 3.824 habitantes (374 km de Cuiabá), foi entregue, em 2019, 41,4 km pavimentados da MT-110, entre o entroncamento de Guiratinga e Tesouro, com investimento de R$ 56,7 milhões, e concluída ponte de concreto sobre o Rio Batovi, com 85 metros de extensão, na MT-110, no município. Investimento de R$ 2,4 milhões.                       

Por fim, em Torixoreu, 3.547 habitantes (505 km de Cuiabá), pavimentação de 18 km da MT-100 entre Torixoréu e Pontal do Araguaia, com investimento de R$ 19 milhões. Em licitação, melhoramentos em 45,4 km da MT-110, entre acesso a Ribeirãozinho e Torixoréu.

Sinfra - MT

Obras na MT 100 em Torixoréu – Sinfra/MT

A Secretaria de Estado de Saúde (SES) repassou, aos sete municípios, um total de 23.250 testes rápidos (19.750 para Rondonópolis) para detecção do coronavírus, e mais de milhão (1.001.468) de comprimidos para combatê-lo, entre azitromicina (123.132), ivermectina (98.505) e dipirona (779.831), também distribuído em gotas, num total de 19.153 frascos.

Entre janeiro e setembro deste ano, foram repassados aos sete municípios aniversariantes R$ 239,14 milhões em ICMS, IPVA e Fethab, além de R$ 73,421 milhões em assistência social, transporte escolar, convênios na área de saúde e emendas parlamentares, entre 2019 e julho de 2020.

Economia: PIB de R$ 10,87 bilhões                                                                                                          

Capitaneados por Rondonópolis, que responde por 88% do total, o Produto Interno Bruto (PIB, de 2017) dos sete municípios soma R$ 10,87 bilhões, com o setor de serviços respondendo por R$ 4,9 bilhões; indústria, por R$ 2,322 bilhões; administração, R$ 1,527 bilhão; impostos, R$ 1,451 bilhão, e agropecuária, R$ 673 milhões.

Em Rondonópolis, com quatro distribuidoras de insumos, sete comerciais de sementes, oito indústrias (fertilizantes, ração animal e químicos) e duas agroindústrias (têxtil e leite), preponderam os setores de serviços e indústria, enquanto nos menores municípios, a agropecuária.

O PIB per capita médio é de R$ 31.200,07. O maior, registrado em Alto Garças é de R$ 46.426,35, e o menor, em Nova Brasilândia, de R$ 19.155,48.

Segundo os dados de 2019, do IBGE, o rebanho bovino soma 1,399 milhão de cabeças - com Nova Lacerda e Rondonópolis respondendo por mais da metade - das quais 27.157 vacas ordenhadas, com produção 29,37 milhões de litros de leite, avaliados em R$ 32,16 milhões.

Christiano Antonucci | Secom

O rebanho bovino dos sete municípios soma quase 1,4 milhão de cabeças - Foto Empaer/MT 

O rebanho galináceo conta com 330.245 cabeças, das quais 128,8 mil galinhas, com 947 mil dúzias de ovos, avaliadas em R$ 5,8 milhões; e o rebanho suíno, com 55 mil cabeças, das quais 6,2 mil matrizes. Na piscicultura, foram produzidas 1,5 mil toneladas de peixes, com Juscimeira, Nova Lacerda e Rondonópolis respondendo por mais de 90% desta produção.

Na agropecuária (2019), as culturas comuns em todos os sete municípios são milho (686,8 mil toneladas) e soja (888,5 mil toneladas), seguida por algodão, com 85,58 mil toneladas cultivadas em quatro municípios (Alto Garças, Juscimeira, Rondonópolis e Torixoréo); mandioca, 10,7 mil toneladas em cinco municípios; cana-de-açúcar em quatro e banana em cinco.

Rondonópolis é o primeiro produtor estadual de coco-da-baía com 2,16 milhões de frutos, seguido por Torixoréu, com 750 mil frutos.

Cinco dos sete municípios (Alto Garças, Juscimeira, Nova Brasilândia, Rondonópolis e Tesouro) possuem área plantada com eucalipto, num total de quase 20 mil hectares.             


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image