16 de Junho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

CIDADES Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2020, 09:16 - A | A

Sexta-feira, 18 de Dezembro de 2020, 09h:16 - A | A

EX-COORDENADORA DO PROCON

Empresária morre de covid-19 após 33 dias internada

Gazeta Digital

A empresária Vilma Lira Nogueira Massuia, 41, morreu vítima de covid-19 na manhã de quinta-feira (17). Ela residia em Pedra Preta (238 km ao Sul de Cuiabá) e passou mais de um mês internada em uma unidade hospitalar da região. 

 

Uma prima da vítima comunicou a morte em rede social e pediu orações. “Oro para que o amor de Deus envolva e conforte vossos corações. Oro para que Deus lhes traga paz que só ELE pode proporcionar com amor. Recebam nosso abraço neste momento de dor irreparável”, diz trecho da mensagem.


Conforme informações, Vilma estava internada há 33 dias em um hospital particular de Rondonópolis (215 km ao Sul de Cuiabá). Não foi divulgado se ela tinha comorbidades.


Vilma Lira era proprietária da empresa VMCompany e, conforme conta sua biografia, também foi servidora da Assembleia Legislativa (AL), da Prefeitura de Rondonópolis e coordenadora do Procon de Pedra Preta.


“Hoje, o Procon Municipal de Pedra Preta está de luto pela nossa amiga e ex-coordenadora do Órgão (2011/2015), Vilma Lira Nogueira Massuia. Uma pessoa incrível e com uma alegria contagiante e que está em uma nova morada agora. Que o amor de Deus sustente a todos neste momento de dor, concedendo força a todos familiares e amigos”, escreveu o atual coordenador do órgão, Marlon Fernandes.


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image