14 de Julho de 2024

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

AGRONEGÓCIO Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023, 11:02 - A | A

Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2023, 11h:02 - A | A

AGRICULTURA

SAFRINHA INCERTA IMPULSIONA PREÇOS DO MILHO

Agrolink

No Brasil os preços do milho, na média gaúcha, fecharam a semana em R$  58,67/saco. De acordo com a Central Internacional de Analise Econômicas e de Estudos de Mercado Agropecuário (CEEMA), as demais praças do país o preço do cereal oscilou entre R$ 37,00 e R$  64,00/saco. 

A redução na oferta do cereal no mercado físico nacional e a possibilidade de uma  safrinha menor em 2024, cada dia mais concreta, além do bom ritmo das exportações  em 2023, fazem os produtores segurarem o produto na expectativa da continuidade no  aumento dos preços internos. No início de dezembro corrente o Indicador  ESALQ/BM&FBovespa (Campinas – SP), subiu, voltando a operar nos patamares de  abril.

Já o plantio da nova safra de verão chegou a 95% da área no Centro-Sul brasileiro,  sendo que o excesso de chuvas e a incidência de doenças têm causado perdas em  algumas regiões, gerando preocupações ao mercado. Isso ocorre particularmente no  Sul do país.

Em paralelo, a Conab, em seu novo relatório mensal, apontou que as lavouras já  semeadas com milho “se dividem em 8,6% em fase de emergência, 53,8% em  desenvolvimento vegetativo, 20,8% em floração, 15,6% em enchimento de grãos e  1,3% em maturação”. 

Quer ficar bem informado em tempo real? Entre no nosso grupo e receba todas as noticias (ACESSE AQUI).

E no Mato Grosso, segundo o Imea (Instituto Mato-Grossense de Economia  Agropecuária), a comercialização da safrinha 2022/23 atingiu a 83% no início da  presente semana. Os produtores locais precisam acelerar tais vendas para dar conta  da entrada, a partir do final de janeiro, das primeiras cargas de soja da nova safra,  mesmo que esta venha com quebra. O preço médio de comercialização, em novembro,  ficou em R$ 35,83/saco, com recuo de 1,88% sobre o valor de outubro. Já sobre a  futura safra 2023/24, a comercialização, na mesma época, chegou a 15,6% do total  esperado. O preço médio de novembro, para a futura safra 2023/24, ficou em R$  35,02/saco, ou seja, menos 3,28% sobre o praticado em outubro do corrente ano. 

No Paraná, o Deral informa que a realidade do milho de verão 2023/24, recentemente  semeado, apresenta 21% da área na fase vegetativa, 36% em floração, 41% em  frutificação e 2% já em maturação. O Departamento ainda classificou que 80% das 


Comente esta notícia

AVISO: Os comentários são de responsabilidade de seus autores e não representam a opinião do Tangará Online (tangaraonline.com.br). É vedada a inserção de comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros. O site Tangará Online (tangaraonline.com.br) poderá retirar, sem prévia notificação, comentários postados que não respeitem os critérios impostos neste aviso ou que estejam fora do tema da matéria comentada.


image