? ºC Tangará da Serra - MT

Última Hora

09/11/2018 19:04 olhar direto

Mãe do menino 'Serginho' morre quatro meses após o filho

Faleceu Rita de Cassia, mãe de Sérgio Luiz Ferreira da Silva, o “Serginho”, que ficou conhecido em todo o estado pela luta travada contra doença rara chamada de epidermólise bolhosa. 
Muito abalada desde a perda do filho, Rita faleceu quatro meses após a Serginho. Segundo pessoas próximas, ela ela suportou a dor da morte do garoto, em julho deste ano desde então ela teria perdido a vontade de viver. Com a saúde bastante debilitada ela não resistiu e faleceu na quarta-feira (7), em Cuiabá, após passar por uma internação.Amigos lamentaram a morte de Rita através do Facebook, entre eles Regina Kaizer, que publicou uma foto de Rita e Serginho com um texto emocionante. “Ontem faleceu Rita de Cássia, mãe do Guerreiro Serginho, que também era uma guerreira! Durante 20 anos cuidou incansavelmente dele. Com a morte do filho, em julho, ela perdeu a vontade de viver; já não tinha mais a pessoa que dependia dos seus cuidados e do seu amor. Sua saúde ficou debilitada e com isso necessitou de uma internação hospitalar, no isolamento, que infelizmente não aconteceu devido à precariedade de nosso sistema de Saúde. Agora ela não está mais isolada, pois está junto a seu filho amado e Deus! Descansem em paz!”, declarou.
Rita ficou conhecida pela incansável luta ao cuidar durante 20 anos do filho Sergio Luiz Ferreira da Silva que sofria de epdermolise bolhosa, uma rara doença de pele desde que nasceu. Serginho faleceu no dia 1º de julho no Hospital Júlio Muller após ter complicações decorrentes da doença.
Doença rara
 
A epidermólise bolhosa é um doença rara de pele, de caráter genético e hereditário. A principal característica da forma congênita é o aparecimento de bolhas, especialmente nas áreas de maior atrito, e nas mucosas. As lesões profundas podem produzir cicatrizes semelhantes às das queimaduras.
 
“Eu fui conhecendo a doença através do tempo, lendo e estudando. O nosso Estado mesmo é muito leigo neste assunto, não tem muitos profissionais capacitados para lidar com a doença. E é isso, cuidado, dedicação, amor, carinho e ajuda das pessoas. É um tratamento caro, se for colocar na ponta da caneta, gastamos quase R$ 15 mil por mês”, revela a mãe de Serginho.
A história de um guerreiro
Corintiano, vaidoso e fã de vídeo game. Este foi Serginho, que completaria 20 anos em 2018, após ter uma expectativa de vida de um mês, quando nasceu. Em 2015, o garoto recebeu a reportagem do Olhar Direto com um belo sorriso no rosto e contou um pouco sobre a sua história.
Durante a entrevista, contou que gostava muito de jogar vídeo game. O quarto é o local onde ele mais ficava: “Eu gosto de jogar GTA quando estou sozinho. Quando tem alguém pra jogar comigo eu gosto de futebol. Eu dou uma surra as vezes no meu pai quando estamos jogando, ele sempre perde”, disse à época, bem humorado o garoto. “Quando os dois somem, pode ter certeza que estão jogando vídeo game no quarto do Serginho”, disse a mãe do menino.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo