16 de Julho de 2019

ENVIE SUA DENÚNCIA PARA REDAÇÃO
logo

Quinta-feira, 18 de Abril de 2019, 09h:03 - A | A

'Modelo tarifário tem encarecido bolso do cidadão', diz presidente da Energisa em MT

image

Recentemente, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou reajuste de 11,29% na conta de energia em Mato Grosso. O novo percentual passou a valer a partir de 8 de abril.

O modelo tarifário do setor de energia elétrica tem encarecido o bolso do cidadão brasileiro, segundo o presidente da Energisa, concessionária de energia em Mato Grosso, Riberto José Barbanera. Ele foi entrevistado no quadro Papo das 6h, do Bom Dia MT nesta quinta-feira (18).

“O modelo tarifário de custo de compra e transporte de energia está encarecendo o bolso do cidadão brasileiro. Sem dúvida nenhuma, a tarifa tem ficado cara”, afirmou.

Recentemente, a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) anunciou reajuste de 11,29% na conta de energia em Mato Grosso. O novo percentual passou a valer a partir de 8 de abril. O consumidor só deve sentir o impacto na conta a partir de maio.

Sobre as reclamações a respeito do aumento, o presidente da Energisa defende que a conta do percentual reajustado não é feita pela concessionária.

“Não é a Energisa que aumenta a tarifa a bel prazer dela. A tarifa é calculada pela agência reguladora nacional com base no valor de operação”, explicou.

O grande responsável pelo aumento, segundo Riberto é o valor pago às empresas geradoras de energia.

“Do valor da conta, são repassados 40% integralmente para as empresas que geram energia. A Energisa não gera energia. Nós compramos para entregar aos clientes. Essa compra cujo preço é dado pela agência reguladora é que é o grande responsável. Tem subido demais em todo o Brasil, não é só em Mato Grosso”, completou.

Imprimir





ENQUETE

VEJA MAIS

Você é contra ou a favor ao novo decreto do porte de armas?

PARCIAL

(65) 3052-6030

redacaocopopular1@gmail.com admcopopular1@gmail.com financeiro@copopular.com.br

image