? ºC Tangará da Serra - MT

Destaque 2

07/12/2018 15:24 G1

Índios de MT devem receber R$ 23 milhões para proteção das florestas e ações para melhoria na qualidade de vida nas aldeias

Índios de Mato Grosso devem ter acesso a cerca de R$ 23 milhões que devem ser investidos em projetos para proteção das florestas e ações para melhoria na qualidade de vida as aldeias. Na semana passada, representantes da comunidade indígena entregaram ao governo do estado as propostas das ações, que devem ser financiadas por um projeto internacional.

O valor, segundo o governo do estado, deve ser disponibilizado ao longo de cinco anos.

As propostas foram apresentadas durante a Federação dos Povos Indígenas de Mato Grosso (Fepoimt), que reuniu mais de 500 pessoas no Parque do Xingu.

Os projetos foram construídos com a participação de 42 povos indígenas, lideranças e instituições governamentais e não governamentais.

O objetivo era responder questionamentos sobre a viabilidade de se manter a floresta em pé e os obstáculos a serem enfrentados.

Os encontros foram realizados em aldeias nos municípios de Barra do Garças, General Carneiro, Porto Esperidião, Brasnorte, São Félix do Araguaia, Paranatinga, Peixoto de Azevedo e Gaúcha do Norte.

 
Foto mostra porção do Parque Nacional do Xingu, em Mato Grosso, que foi desmatada  — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Foto mostra porção do Parque Nacional do Xingu, em Mato Grosso, que foi desmatada — Foto: Ueslei Marcelino/Reuters

Ao longo do processo, os indígenas definiram nove temas prioritários que abrangem desde a formação de lideranças e organizações indígenas, gestão do território, fortalecimento sociocultural, até a busca por mecanismos para garantir a participação dos povos nativos nos processos de tomada de decisão.

As propostas incluem também ações para promoção da igualdade de gênero, melhorias na qualidade ambiental dos territórios indígenas e vigilância e monitoramento.

O Programa REM é um projeto que premia países e estados pioneiros no combate ao desmatamento na Amazônia. Mato Grosso irá receber dos governos da Alemanha e do Reino Unido 22 milhões de libras e 17 milhões de euros, cerca de R$ 180 milhões na moeda atual, em um período de cinco anos.

Os recursos serão repassados pelo banco alemão KfW e administrados pelo Fundo Brasileiro para a Biodiversidade (Funbio) e a previsão é que o primeiro desembolso seja feito em outubro de 2018.


Redes Sociais

Titulo fixo

Jornal Tangará Online

Avenida Historiador RUBENS DE MENDONÇA EDF - OFFICE TOWER -SALAS 1001 E 1002 Cuiabá MT
Fone (65) 3052-6030
E-mail: redacao@tangaraonline.com.br

EMC-Empresa Milas de Comunicação 
CNPJ 10.935.231/0001-40
e-mail :maykommilas@gmail.com

Crie seu novo site AgenSite
versão Normal Versão Normal Painel Administrativo Painel Administrativo